Igual

Os Quais

Compositor: Jacinto Lucas / Tomás Cunha

Amor e outro amor igual
Um coração cópia do meu
Esse olhar que é tal e qual
E nunca me esclareceu

Se um de nós faz alguma coisa
O outro antes vê, sim
Dou um passo atrás e quebro a loiça
E parece que é mesmo assim

Seremos personagens de nós próprios
E é tudo tão literal
Vejo me ao longe eu não sou eu proprio
Sou alguém muito igual
Terrível nada de mal

Desejo o que duplo som
Sinlêncio que é plágio do meu
Imagem que eu nunca sou
E nunca me desaprendeu

Se o mundo cai somos nós mesmo
Nesse quarto sem luz
Mas quando não cai
Tempo tão velho
Somos como cem mil como nós

Seremos personagens de nos próprios
E é tudo tão literal
Vejo me ao longe eu nao sou eu próprio
Sou alguém muito igual
Terrível nada de mal

Igual, igual, igual, igual, igual

Seremos personagens de nós próprios
E é tudo tão literal
Vejo me ao longe eu não sou eu próprio
Sou alguém muito igual

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital